Fogos no réveillon de Copacabana serão sincronizados com músicas

A grande novidade da tradicional queima de fogos no réveillon de Copacabana, no dia 31, é que o show de luzes no céu será sincronizado com uma trilha sonora especial.

“Logo em seguida à contagem regressiva, que também estará sendo pulsada pela iluminação, nós vamos ter os fogos piromusicados, que nunca teve na cidade no Rio de Janeiro”, afirmou o cenógrafo Abel Gomes, diretor artístico da festa da virada.

Além disso, segundo Abel, cinco minutos antes da virada haverá uma trilha para um show de luz e laser nos quatro palcos. O diretor adiantou o que o público verá nos 20 minutos de fogos. “O réveillon desse ano vai ser a década de ouro do Rio de Janeiro, então o que posso dizer agora é que eles vão ser divididos em 10 momentos, porque é a década de ouro. Vai ter um momento em que os fogos serão todos dourados”, contou ele.



A logomarca Rio 2016 que será lançada na noite do dia 31 será projetada em um telão de LED, com mais de 150 metros quadrados. Outros dois telões infláveis, com mais de 200 metros quadrados, surgirão no meio do público. Em seguida, será aberto o bandeirão de quatro mil metros quadrados. “Para o povo tocar a marca Rio 2016”, afirmou Abel.

Prefeitura afirma que haverá mais turistas do que o último réveillon

De acordo com a Secretaria Especial de Turismo (Riotur), o número de turistas no réveillon de Copacabana será maior do que o último ano. Quase 645 mil visitantes são esperados para o réveillon, sendo que 30% são estrangeiros. Um aumento de 20 mil turistas em relação ao ano passado.

“Nossa expectativa era de 95% de ocupação hoteleira agora paro réveillon e a gente ultrapassa esse numero, batendo 95%”, afirmou o presidente da Riotur e secretário municipal de Turismo, Antônio Pedro Figueira de Melo.

O gerente de um dos hotéis mais procurados de Copacabana confirmou que a reserva de quartos aumentou. Segundo ele, a diferença é de aproximadamente 300 diárias a mais.



Créditos ao G1RJ

0 comentários:

below feature ads

Conferência e eventos