UFRJ vai formar profissionais de saúde em cursos a distância

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) inaugurou nesta segunda-feira (8) um laboratório para capacitar profissionais de saúde de todo o país, por meio da educação a distância. O Laboratório de Educação a Distância em Saúde Coletiva da UFRJ faz parte da rede de capacitação do Sistema Único de Saúde (SUS), a Universidade Aberta do SUS, e prevê qualificar até 4 mil pessoas nos próximos dois anos.

Inicialmente, o laboratório oferecerá apenas cursos na área de saúde ambiental, como o de avaliação de riscos por exposição a substâncias perigosas. De acordo com a coordenadora dos cursos, Carmen Fróes, a ideia é oferecer capacitação também em outras áreas, como a de epidemiologia.

“A educação a distância é importante porque este país é continental. Capacitar pessoas que ficam longe dos centros de referência de forma presencial, com viagens, resulta num custo altíssimo. Por outro lado também, a educação a distância permite que o profissional organize a agenda dele para o melhor momento em que pode fazer uma capacitação. Portanto, isso aumenta muito as oportunidades dos profissionais do Brasil inteiro”, disse.

Segundo o secretário de Gestão do Trabalho e Educação do Ministério da Saúde, Francisco Campos, os cursos do laboratório da UFRJ se somarão aos outros cursos da Universidade do SUS, que antes eram focados apenas nas áreas de gestão do SUS e de capacitação em saúde da família.

De acordo com o secretário, o uso da educação a distância para capacitação de profissionais de saúde permitiu ampliar muito o número de pessoas beneficiadas.

“As capacitações atingiam apenas dezenas ou, no máximo, uma centena de pessoas. Neste momento, na área de saúde da família, por exemplo, estão matriculadas cerca de 20 mil pessoas. A gente não pode dar resposta a um programa tão complexo como esse de capacitação, formando apenas 30 pessoas. Se continuássemos a formar apenas de forma presencial, certamente demoraríamos mais de 100 anos para capacitar as pessoas”, afirmou.

Além de oferecer os cursos, o laboratório da UFRJ também servirá para criar novos modelos educacionais e de tecnologia da informação para a capacitação de profissionais de saúde.

Creditos ao DCI

0 comentários:

below feature ads

Conferência e eventos