Governo do Estado abre mais uma estação de metrô no Rio

Menos de um ano depois da inauguração da primeira estação de Ipanema e da ligação direta Pavuna-Botafogo, o Governo do Estado e a concessionária Metrô Rio entregam mais uma estação aos cariocas. O Governador Sérgio Cabral, o prefeito Eduardo Paes, o secretário estadual de Transportes, Julio Lopes, e o presidente da concessionária, José Gustavo da Costa, deram início a operação da estação Cidade Nova, erguida em frente à sede da Prefeitura, na manhã desta segunda-feira (01/11). A 35º
estação do sistema é totalmente acessível aos portadores de necessidades especiais, com seis elevadores, seis escadas rolantes, pisos táteis, e além de banheiros e uma imponente passarela de 221m sobre a Avenida Presidente Vargas, que dá acesso direto a Prefeitura.

A nova estação é um exemplo de sofisticação e design. O moderno desenho que decora os pisos da estação, do mezanino e de toda a passarela foi desenvolvido pelo escritório Burle Marx & Cia. A passarela ainda ganhou iluminação especial assinada pelo renomado cenógrafo Peter Gasper. Com 3.267 m2 de área construída, a estação Cidade Nova deverá receber a demanda inicial de 10 mil passageiros por dia, que migrarão das estações Estácio e Praça Onze.

Nesta primeira etapa de funcionamento, a fim de não prejudicar a rotina das operações e identificar o impacto e as mudanças nos hábitos dos passageiros da Linha 2, a nova estação vai funcionar das 10h às 14h, de segunda a sexta-feira. Durante este período, os bilhetes não serão cobrados, e os passageiros poderão embarcar gratuitamente na estação.

- Esta é uma medida preventiva que decidimos adotar. É importante que sejam avaliadas as variações causadas no sistema pela nova estação, para, em seguida, podermos adaptar a estação aos horários comuns. A Cidade Nova será responsável por um reequilíbrio no embarque e desembarque das estações adjacentes. Além disso, facilita enormemente a vida de milhares de pessoas que trabalham e utilizam os serviços da Prefeitura. Assim como as estações que temos inaugurado, a Cidade Nova também acompanha a tendência da acessibilidade, proporcionando cidadania e mobilidade a todos os setores da sociedade – explica o secretário estadual de Transportes, Julio Lopes.

Diferentemente da estação, a passarela ficará aberta durante todo o período de funcionamento do metrô – de segunda a sábado, das 5h à meia-noite; e nos domingos e feriados, das 7h às 23h –, para não prejudicar a travessias dos pedestres, que também poderão utilizar a via para se deslocar de um lado para o outro da Presidente Vargas.

Além de ganhar uma estação de metrô, a região da Cidade Nova também está com novo visual. Todo o entorno da estação foi reurbanizado, ampliando a área pública com uma praça arborizada. Todo o projeto, incluindo estação e intervenções externas custou R$ 80 milhões, pagos pela concessionária Metrô Rio. As obras são parte de um compromisso da operadora com o Governo do Estado, que totalizam investimento de R$ 1.15 bilhão. Também fizeram parte do acordo, a construção da Conexão Pavuna-Botafogo; a modernização do Centro de Controle de Tráfego do metrô; e a compra de 19 novos trens, que serão entregues já em 2011. Até 2014 também será entregue à população a estação Uruguai, a quarta no bairro da Tijuca. A concessionária também está desenvolvendo a ampliação e a modernização dos sistemas de sinalização, ventilação e energia do metrô carioca.

- Nossa previsão é que com a concretização dessas medidas o metrô possa ampliar sua capacidade de transporte para 1,1 milhão de usuários por dia, duplicando a média de circulação. Além disso, até 2016 teremos ainda a finalização da Linha 4 do metrô para a Barra, proporcionando mais agilidade e conforto também a quem mora ou trabalha na Zona Oeste – comemora o secretário Julio Lopes.

Pensando na integração intermodal, a estação Cidade Nova já está preparada para permitir a ligação direta com a Rodoviária Novo Rio e com a Estação da Leopoldina, futuro terminal do Trem de Alta Velocidade (TAV).

Conheça a Estação Cidade Nova do Metrô do Rio de Janeiro:















Créditos á SETRANS_RJ

0 comentários:

below feature ads

Conferência e eventos