Rio tem 65 favelas em áreas de preservação, diz estudo

Rocinha

Um estudo do Tribunal de Contas do Município aponta que a cidade do Rio de Janeiro tem ao menos 65 favelas dentro de áreas marcadas pelo governo federal como de preservação ambiental, informa o jornal O Globo neste domingo. De acordo com o levantamento, que utilizou dados de 2008, o número representa um crescimento de 282,3% em cinco anos - eram 17 comunidades em 2003.

O estudo também aponta que outras 182 comunidades estão a uma distância de 400 m ou dentro de áreas de preservação, contra 118 em 2003, o que representa um crescimento de 54,2%. Apenas na Zona Sul, o número saltou de duas para nove. Entre as favelas da região que avançaram nos últimos cinco anos estão Rocinha, Cabritos e Tabajaras (entre Copacabana e Lagoa) e Dona Marta.

Créditos ao Portal Terra

0 comentários:

below feature ads

Conferência e eventos