Rio lidera investimentos no país com US$ 18 bi


Centro do Rio de Janeiro

Os Jogos Olímpicos de 2016 e o pré-sal transformaram o Rio de Janeiro na unidade da Federação que mais receberá recursos nacionais e estrangeiros nos próximos anos. Serão US$ 18,45 bilhões destinados ao estado fluminense, do total de US$ 268,8 bilhões anunciados para o Brasil em 2010. De acordo com o Relatório de Anúncios de Projetos de Investimentos (Renai) 2010, elaborado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, o Rio de Janeiro é o primeiro na lista de estados que receberam investimentos, passando a frente de Minas Gerais e São Paulo, que receberam US$ 10,6 bilhões e US$ 10,4 bilhões, respectivamente. As informações são do "O Globo".
A descoberta do petróleo na camada do pré-sal é a chave para os investimentos, que representa a formação de cadeias de fornecedores de diversos segmentos, como siderurgia e construção naval. Os maiores investidores estrangeiros são os americanos, que têm projetos específicos em parceria com empresas brasileiras. 
Os projetos estão distribuídos em todo o estado, com destaque para a construção de uma usina para a produção de placas de aço pela Ternium, em São João da Barra, no valor de US$ 6 bilhões, do Superporto do Açu, qual receberá o investimento de US$ 3,4 bilhões. Além do investimento de R$ 1,1 bilhão que a Michelin destina a fábrica de pneus Procter & Gamble, que amplia seu centro de distribuição. E a MAN Latin America investe R$ 150 milhões na ampliação de sua fábrica de caminhões e ônibus Volkswagem, em Resende. 
Os investimentos chegam também a Angra dos Reis. Serão R$ 700 milhões da Technip investidos na ampliação do porto da cidade. E R$ 60 milhões da Rolls Royce irão construir uma fábrica de geradores de turbinas para produção de energia em plataformas de petróleo em Santa Cruz.

Créditos a SRZD

0 comentários:

below feature ads

Conferência e eventos