Lagoa Rodrigo de Freitas ganhará mutirão de limpeza

A Lagoa Rodrigo de Freitas será o cenário de um grande mutirão de limpeza no dia 17 de setembro. Pelo quarto ano consecutivo, o Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Estado do Rio de Janeiro (SEAC-RJ) promove a iniciativa em um dos principais cartões postais da cidade. A mobilização faz parte da IV Ação Nacional FEBRAC - Limpeza Ambiental, realizada simultaneamente em todas as capitais brasileiras, com a coordenação da Federação Nacional das Empresas de Serviços e Limpeza Ambiental (Febrac).

Com início previsto para as 8 horas, o objetivo é conscientizar a população sobre a importância da preservação ambiental e mostrar à sociedade o comprometimento de Asseio e conservação com a sustentabilidade. A iniciativa voluntária das empresas ligadas ao SEAC-RJ contará com coleta simbólica do lixo, separação para reciclagem e atividades informativas. O evento tem o apoio do Governo do Estado, Prefeitura do Rio, Secretarias Estadual e Municipal do Ambiente, além da participação de jovens do 44º Grupo de Escoteiro de Copacabana e de estudantes do Colégio Estadual Jornalista Tim Lopes, do complexo do Alemão.

O Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Rio de Janeiro (SEAC-RJ) representa 1.500 empresas. De acordo com o presidente do SEAC-RJ da FEBRAC, Ricardo Garcia, o setor de Asseio e Conservação emprega cerca de 150 mil pessoas, sendo a maioria moradora de regiões carentes, todas com benefícios assegurados. É o segundo maior empregador formal do Brasil e o maior empregador de mão-de-obra feminina de baixa escolaridade. Investe anualmente mais de R$ 53 milhões em treinamento e capacitação de pessoal, o segmento conta com mais de 11 mil empresas no país e emprega 1,5 milhão de pessoas, sendo 61% na região Sudeste.

O faturamento anual das empresas de asseio, limpeza e conservação gira em torno de R$ 20 bilhões por ano. Para o FGTS, o setor recolhe R$ 650 milhões anuais e para o INSS, o recolhimento é de R$ 1,52 bilhões. Entre PIS, Cofins, CSLL, IRPJ e CPMF o setor gasta R$ 2,35 bilhões anualmente em impostos federais.

SERVIÇO:

Dia: Sábado, 17 de setembro

Horário: A partir das 8 horas

Local: Lagoa Rodrigo de Freitas (Espaço das Águas, ao lado do Parque dos Patins)

Créditos ao Jornal do Brasil

0 comentários:

below feature ads

Conferência e eventos