Cristo Redentor e Arcos da Lapa ficarão no escuro na campanha Hora do Planeta 2011. Rio será a capital brasileira no evento.

No próximo sábado (26), ícones cariocas como os Arcos da Lapa, Cristo Redentor, praia de Copacabana e Monumento dos Pracinhas ficarão no escuro por uma hora para alertar os cariocas sobre o aquecimento global e a necessidade de conservar o meio ambiente.

O Rio de Janeiro será a principal cidade brasileira da campanha mundial Hora do Planeta, realizada pela da ONG ambientalista internacional WWF. O Rio apoia mais uma vez o movimento que no sábado pretende apagar as luzes do planete entre às 20h30 e às 21h30.

Pela primeira vez haverá um evento aberto ao público, nos Arcos da Lapa, na região central, com a presença da Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e do prefeito do Rio, Eduardo Paes, que desligarão simbolicamente as luzes da cidade. O evento terá shows das baterias da Mangueira, Portela, Grande Rio e União da Ilha. As informações são da superintendente do WWF-Brasil .

- Convidamos os moradores do Rio de Janeiro a se unir a esse movimento global apagando as luzes de suas casas. Com esse gesto simples, os cariocas manifestam a sua preocupação com o aquecimento global e a importância de conservar o meio ambiente. Em 2011, o WWF-Brasil também incentiva as cidades participantes a desenvolverem projetos que visem a sustentabilidade ambiental.

No Brasil, 42 cidades, incluindo oito capitais, já formalizaram a adesão à Hora do Planeta 2011. Outras 28 prefeituras encontram-se na fase final de entrega do termo, que traz a indicação de quais monumentos serão apagados. As capitais que aderiram foram Aracaju, Campo Grande, Goiânia, Natal, Rio Branco, Rio de Janeiro, São Paulo e Vitória.

Neste ano de 2011, o primeiro minuto da Hora do Planeta será dedicado, em silêncio, às vítimas da recente tragédia de fenômenos naturais como o terremoto e tsunami no Japão, e as enchentes no Brasil e na Austrália, no início do ano.

Créditos ao R7

0 comentários:

below feature ads

Conferência e eventos