Prefeito inaugura a Unidade de Tratamento do Rio Arroio Fundo

O prefeito Eduardo Paes inaugurou na manhã deste domingo, dia 19, a nova Unidade de Tratamento do Rio (UTR) do Arroio Fundo, a maior do Rio, que manterá limpas as águas do Rio Arroio Fundo e da Lagoa de Jacarepaguá. Com investimentos de R$ 26 milhões, financiados pelo Governo Federal, a obra beneficiará cerca de 300 mil moradores de Jacarepaguá, Anil, Rio das Pedras, Cidade de Deus e Vila do Pan.

Acompanhado dos secretários municipais de Obras, Alexandre Pinto, de Meio Ambiente, Carlos Alberto Muniz, e de Conservação, Carlos Osório, do ministro das Cidades, Márcio Fortes, do subprefeito da Barra e Jacarepaguá, Tiago Mohamed, do presidente da Cedae, Wagner Victer, e de ambientalistas da região, Paes anunciou a intervenção em mais quatro rios da área.

- Fiquei impressionado com o tamanho dessa UTR e com o resultado. Estou autorizando a Rio-Águas a avançar e fazer obras em outros quatro rios que deságuam no sistema lagunar da Barra e Jacarepaguá e ainda têm para fazer essas unidades de tratamento, que resolverão o problema. É uma obra fantástica.

O sistema da UTR do Arroio Fundo permite a limpeza das águas através flotação (processo de separação de partículas sólidas de diferentes naturezas pela suspensão em um líquido do qual elas serão removidas) das partículas sólidas presentes com utilização de aeração e com auxílio de produtos coagulantes de modo a aglutinar estas partículas a microbolhas de ar que flutuam, gerando o lodo que é recolhido na superfície. O sistema conta ainda com uma eficiente cerca de retenção de lixo, que retém a poluição mais grosseira. O lodo tem como destino o emissário terrestre da Cedae, portanto não há necessidade de centrífuga.

Depois de conhecerem como funciona todo o sistema da Unidade de Tratamento de Rio Arroio Fundo, o secretário de Obras, Alexandre Pinto, explicou a necessidade da obra para a região.

- A importância que essa obra tem para o Complexo Lagunar de Jacarepaguá e para as praias da Barra é de um valor inestimável. Aqui estamos tratando cerca de 15 mil caminhões-pipas por dia de água. Isso significa 15 mil caminhões de poluição que chegam nas lagoas de Jacarepaguá e consequentemente nas nossas praias. Ou seja, toda essa carga de poluição que chegava aqui nas lagoas de Jacarepaguá, hoje é tratada e chega uma água de qualidade.

A UTR conta com uma Unidade de Tratamento de Esgoto, que trata detritos que passam pelo Arroio Fundo e melhora a qualidade da água da lagoa. O sistema de armazenamento e dosagem de produtos químicos fica localizado na margem do canal. A operação da UTR obedecerá o fluxo normal do Arroio, sendo prevista sua paralisação em casos de vazões de enchente ou quando houver interferência das marés, porque foi projetada para tratar com eficiência vazões de até 1.800 litros de esgoto por segundo. Já os equipamentos dosadores da reserva evitarão possíveis interrupções por eventuais avarias mecânicas.

Créditos à PMRJ

0 comentários:

below feature ads

Conferência e eventos