Cedae inicia obras de abastecimento de água em Ponta Negra e Tanguá

Por Ascom da Nova Cedae

A Nova Cedae iniciou nesta sexta-feira (17/09), com a presença do ministro das Cidades, Márcio Fortes, as obras de ampliação do sistema de abastecimento de água no distrito de Ponta Negra, Maricá, e em Tanguá, na Região Metropolitana do Rio. Orçado em R$ 10,8 milhões, com recursos da Cedae e do governo federal, no âmbito do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), o projeto visa melhorar a oferta de água nos municípios da região do Conleste (Consórcio Intermunicipal da Região Leste Fluminense), área de influência do Comperj, beneficiando mais de 40 mil habitantes.

No distrito de Ponta Negra serão construídas estação de tratamento de água e elevatória com três conjuntos de bombas, reservatório com capacidade para 1 milhão de litros e casa de química com estrutura para atender à vazão diária de 3,12 milhões de litros. Na localidade, também serão feitas mais de mil novas ligações residenciais, com fornecimento de hidrômetros, e instalados quase 50 mil metros de tubos, entre outras melhorias. O ministro destacou o grande volume de investimentos na região.

- O saneamento muda a qualidade de vida e as perspectivas das cidades. Os recursos do PAC são definidos e garantidos, portanto ninguém mexe. O investimento em habitação e saneamento na área do Comperj já chega a R$ 650 milhões – garantiu Márcio Fortes.

O presidente da Cedae, Wagner Victer, lembrou a importância da obra para os moradores e para a economia da região e anunciou investimentos de R$ 60 milhões para levar água aos distritos de Inoã e Itaipuaçu, também em Maricá.

- Este é um sonho a muitas mãos, que favorece a população e impulsiona a rede hoteleira e o turismo – disse Victer.

Já no município de Tanguá, além da construção de elevatória de água tratada, nova comporta possibilitará uma melhoria na captação de água. Também serão assentados 6.100 metros de tubulação de ferro fundido para uma nova adutora de água bruta e assentados 3,2 mil metros de tubos. A casa de química será adaptada para atender a nova vazão de água, e serão instalados dois módulos de tratamento de água, metálicos, para uma vazão final diária de 7,2 milhões de litros.

- Tanguá será o primeiro município da região do Conleste com 100% de água e esgoto – destacou Victer, lembrando que tanto em Ponta Negra como em Maricá, a Cedae ainda construirá leitos para secagem do lodo oriundo da água tratada e reservatório com capacidade para um milhão de litros.

Participaram das cerimônias de início das obras o presidente do Comperj, Nilo Sérgio Vieira; o gerente geral do Comperj, Eider Carvalho; os prefeitos de Maricá, Washington Quaquá, e de Tanguá, Carlos Roberto Pereira; e o diretor de Distribuição e Comercialização do Interior da Nova Cedae, Heleno Silva de Souza.

0 comentários:

below feature ads

Conferência e eventos